"Crescemos porque estávamos muito cá em baixo"

No plano económico, a antiga ministra das Finanças fez uma ressalva. "O nível fiscal face às empresas não pode continuar, se queremos crescer”. O que já crescemos foi “porque estávamos muito cá em baixo", afirmou Manuela Ferreira Leite.