Crise funcionou a favor de alguns criminosos no tempo da troika

A Fundação Francisco Manuel dos Santos apresentou um estudo sobre a forma como os tribunais tomaram decisões durante o período da troika e concluiu que, atualmente, ainda há decisões judiciais que são influenciadas pelo período de intervenção externa a que Portugal esteve sujeito.

A pesquisa mostrou mesmo que, em termos de Justiça, a crise pode ter funcionado a favor dos criminosos, na área criminal.

Sobre "25ª Hora"