Cristiano Ronaldo terá sido burlado em 288 mil euros por agente de viagens

Uma funcionária de uma agência de viagens de Famalicão foi condenada a uma pena suspensa de quatro anos por ter burlado Cristiano Ronaldo em quase 300 mil euros. A mulher tinha acesso aos dados do cartão de crédito do internacional português.

Sobre "Jornal das 8"