CTT têm cada vez mais trabalho devido ao aumento das compras online

No Centro logístico dos CTT em Matosinhos, o funcionário Nuno Madureira não tem mãos a medir. O confinamento veio trazer-lhe mais trabalho.

Os Correios garantem que do primeiro para o segundo confinamento nota-se um aumento das compras online, que levou os CTT a aumentar o número de colaboradores e de turnos para fazer face a esta nova realidade. "Em Fevereiro, estávamos  a tratar 85 mil a 100 mil encomendas por dia", afirma o responsável.

Sobre "Jornal da Uma"