Cuidados continuados: o apelo desesperado das Misericórdias

Há unidades em risco de fechar portas e a de Marco de Canaveses é uma delas, sabe a TVI. Em causa podem estar milhares de doentes que, todos os anos, a rede retira aos hospitais públicos, permitindo ao Estado poupar muito dinheiro. Os serviços estão à beira da rotura com o aumento do salário mínimo previsto para janeiro e também com as dívidas do Ministério da Saúde.

Sobre "Jornal das 8"