Demissão? "Não!"

Presidente da EDP convocou conferência de imprensa depois de ter sido constituído arguido por indícios de crime num negócio entre a EDP e a REN, desde 2007.