Depois de quatro dias de atrasos e cancelamentos, as partidas e chegadas fazem-se agora com normalidade na ilha da Madeira