Deputado durante o debate: "Pode ser por SMS"

No início do debate quinzenal, depois da intervenção de Nuno Magalhães do CDS-PP, que questiona o primeiro-ministro sobre as previsões de crescimento, ouve-se no hemiciclo, antes da intervenção de Passos Coelho, um deputado a gritar "pode ser por SMS", sobre as respostas que Passos Coelho ia dar aos centristas e numa alusão à recente polémica na coligação