"Desde 2010, a gestão desta empresa, técnica e financeira, é errada"

Alexandra Borges denunciou esta quarta-feira que a SATA está à beira da falência com mais de 250 milhões de prejuízo. O Sindicato do Pessoal de Voo acusa a empresa de gestão danosa, compadrio e desvio de fundos. Bruno Fialho, do Sindicato Nacional do Pessoal de Voo da Aviação Civil e Chefe de Cabine na SATA, esteve no debate para comentar este caso.

Sobre "Alexandra Borges"