Desflorestação da Amazónia duplicou em novembro

A Amazónia foi um dos assuntos de grande divergência na Cimeira do Clima, COP25, em Madrid.

O embaixador brasileiro recusou debater a utilização do solo de maior floresta do mundo, por ser uma questão de soberania do país.

Os ambientalistas têm criticado com veemência o pacto do presidente Jair Bolsonaro com os interesses madeireiros e os dados mais recentes confirmam: a desflorestação na Amazónia duplicou em novembro.
 

Sobre "Jornal das 8"