Ataque ao autocarro do Benfica: “No Name Boys” são os principais suspeitos

O autocarro do Benfica foi apedrejado, na A2, quando regressava ao centro de treinos no Seixal, após o empate frente ao Tondela.

Weigl e Zivkovic ficaram feridos e, até ao momento, os principais suspeitos pertencem à ala mais radical da claque benfiquista, não autorizada, “No Name Boys”.

Sobre "Jornal das 8"