Diretora do SEF pede demissão após caso da morte de cidadão ucraniano

A diretora do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) , Cristina Gatões Batista, pediu esta quarta-feira a demissão devido à polémica que envolve a morte de um cidadão ucraniano no aeroporto de Lisboa, revelou o Ministério da Administração Interna.

Cristina Gatões “cessa funções a seu pedido e com efeitos imediatos”, lê-se na nota enviada pelo Governo.

Sobre "Jornal das 8"