"Distanciamento que o PCP faz deste Governo é muito claro"

O deputado do PCP Miguel Tiago analisou esta sexta-feira a viabilização do Orçamento do Estado para o próximo ano e sublinhou que a abstenção dos comunistas demonstra que o partido não se revê no documento, mas que este não implica um retrocesso significativo e que não aprova medidas que retirem direitos e garantias aos trabalhadores.

Sobre "Notícias"