Doentes dizem que uso de máscara aumenta crises de enxaquecas e cefaleias

Madalena Plácido, presidente da Associação Portuguesa de Doentes com Enxaqueca e Cefaleias, explica que tem recebido várias queixas de doentes que viram as patologias agravadas devido ao uso de máscara obrigatório.

Especula-se que o acréscimo do número destas crises de enxaquecas e cefaleias pode estar relacionado com a pressão dos elásticos, o facto de os pacientes beberem menos água ou terem passado a fazer refeições menos regulares quando utilizam a máscara por largos períodos de tempo.

Sobre "Diário da Manhã"