Dos cerca de 40 mil bombeiros, só seis mil são considerados profissionais

Sejam sapadores ou voluntários prestam o mesmo serviço ao país mas as diferenças existem desde logo na formação e nas compensações remuneratórias.