Drones de combate a incêndios já entraram em serviço

Foram hoje apresentados na Lousã os primeiros drones de prevenção e combate a incêndios, duas semanas depois da data inicialmente anunciada.

O atraso é justificado pela necessidade de verificar e aperfeiçoar os dispositivos. As restantes aeronaves seguem para as bases de Foia e Macedo de Cavaleiros.

O sistema só deverá estar a funcionar em pleno a partir de 31 de agosto.

Sobre "Jornal da Uma"