Duas grávidas andaram quilómetros a pé para escaparem ao ciclone Idai

Como acontece em todas as tragédias naturais, há sempre histórias de sobrevivência e superação. Duas mulheres grávidas conseguiram escapar ao ciclone, andaram quilómetros sozinhas até chegarem a um campo de acolhimento. Passado o pior, só desejam um teto onde possam dar à luz em segurança.