“É muito dinheiro que cai do céu e sem o qual Portugal estava frito”

 

Pedro Santos Guerreiro analisou esta quarta-feira a proposta inédita da União Europeia que ambiciona cumprir um plano de recuperação económica no valor de 750 mil milhões de euros. O comentador destaca que a União Europeia esteve à beira do precipício e é pelas mãos de Macron, Von der Layen e Merkel que a União não caiu.

Para Portugal, destaca o jornalista, 26 mil milhões de euros é um valor de Bruxelas que pode salvar muito do tecido económico do país.

Sobre "Notícias"