"É provável que alguns membros do Estado Islâmico tenham escapado"

Anúncio foi feito Ilham Ahmed, presidente do Conselho Democrático Sírio. O presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, anunciou esta quinta-feira a morte de 109 curdos, afirmando que a ofensiva na Síria não vai parar até que todos os curdos sejam "neutralizados".

Sobre "Jornal das 8"