A greve da Ryanair não foi sentida em Portugal, mas causou transtorno noutros países

No primeiro de cinco dias de greve dos tripulantes da Ryanair não houve qualquer transtorno nas ligações aéreas. O ministro das Infraestruturas recebeu o sindicato nacional do pessoal de voo da aviação civil, que considera que a empresa está a cometer um crime ao substituir os trabalhadores em greve.

Sobre "Notícias"