Agricultores da Póvoa de Varzim tiveram mais de 40 milhões em perdas de faturação

Com milhões de perdas na faturação e vendas, os horticultores da Póvoa de Varzim pedem com urgência ao governo que enquadre o setor no lote dos apoios no âmbito da pandemia de covid-19.

Uma área agrícola em crise que tem nesta zona do norte do país mais de duas mil empresas que dão emprego a quase dez mil trabalhadores.

Sobre "Jornal da Uma"