"Até ao final do ano pagaremos a totalidade da dívida de 4.600 milhões de euros ao FMI"

Anúncio de António Costa no Parlamento, no dia em que o Orçamento do Estado para 2019 foi aprovado pela esquerda.