Atenção, cafés e cabeleireiros também estão obrigados a registar o beneficiário

Quem quiser fazer negócios em Portugal tem de estar devidamente identificado. A obrigação de registo é nova. O prazo terminava hoje, mas o Governo decidiu, ontem, prolongá-lo até 30 de junho