Nos últimos 12 anos, os maiores devedores dos bancos portugueses provocaram perdas totais de quase 16 mil milhões de euros. As maiores perdas foram registadas no Novo Banco, no BCP e na Caixa Geral de Depósitos. Nos oito bancos analisados pelo Banco de Portugal, foram detetadas imparidades de quase 7800 milhões de euros e perdas registadas nas contas de 8 mil milhões de euros. O Banco de Portugal divulgou a lista dos grandes devedores, mas sem adiantar os nomes, que são apenas conhecidos pelos deputados, depois das sucessivas comissões de inquérito às perdas na banca.