Banco de Portugal preocupado com a baixa produtividade

O Banco de Portugal avisa para a baixa produtividade do trabalho, apesar das reformas impostas pela troika. O boletim de maio indica que a produtividade está estagnada em níveis de 2008, o que pode comprometer o crescimento da economia e dos rendimentos.