Centeno: "O Banco de Portugal não pode viver numa torre de marfim"

Mário Centeno está ser ouvido no Parlamento no âmbito da nomeação para governador do Banco de Portugal.

Em resposta aos deputados, o ex-ministro das Finanças disse que o Banco de Portugal "não pode viver numa torre de marfim" e que responde ao parlamento português.

Sobre "Notícias"