CMVM lança ações de supervisão sobre Eurobic, NOS e GALP

A Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) está a investigar os factos que constam do “Luanda Leaks” referentes a empresas portuguesas.

A polícia da bolsa lançou ações de supervisão concretas sobre a NOS, a GALP e o Eurobic e sobre auditores identificados.

No limite, a CMVM diz que podem estar em causa a aplicação de multas, sanções e retiradas de idoneidade para o exercício de funções.

Sobre "Jornal da Uma"