Combustíveis: em apenas 3 dias, greve dos motoristas de matérias perigosas espalhou o caos

Transportes públicos sem combustível, os aeroportos de Lisboa e Porto esgotaram as reservas de combustíveis. A corrida às bombas de gasolina foi uma constante. O fornecimento de medicamentos e outros bens esteve ameaçado. A greve foi suspensa após uma maratona negocial com a mediação do Governo.