Combustíveis: "Hoje é um dia que devem celebrar", diz Sindicato

Presidente do Sindicato congratulou-se pelo entendimento alcançado "em apenas 72 horas"