Costa anuncia reprogramação do Portugal 2020

O primeiro-ministro e o ministro do Planeamento e Infraestruturas apresentaram um reforço de 2,4 mil milhões de euros em fundos da União Europeia. Esta reprogramação do Portugal 2020 sobe o total de investimento para 7,3 mil milhões de euros. Deste reforço, 630 milhões de euros destinam-se às empresas. Quase 900 milhões destinam-se ao território, com uma grande fatia dedicada à mobilidade urbana sustentável.

Esta reprogramação prevê também investimentos municipais em equipamentos como escolas, unidades de saúde e projetos de reabilitação. Na apresentação do programa, António Costa sublinhou ainda que o Governo reservou parte destes fundos que só podem ser utilizados para investimentos no interior do país.