Covid-19: défice dispara para 6,8 mil milhões de euros no primeiro semestre

O défice orçamental atingiu os 6,8 mil milhões de euros até junho, de acordo com o ministério das Finanças.

Mais de metade da degradação do saldo deve-se aos efeitos da pandemia de Covid-19, entre eles as medidas de lay-off, a aquisição de equipamentos na saúde e outros apoios da Segurança Social

Sobre "25ª Hora"