Crescimento acima dos 2% foi sol de pouca dura

O Banco de Portugal fez uma nova previsão, mais conservadora, acerca do crescimento para o próximo ano. O boletim económico de verão conclui também que Portugal irá regressar este ano aos défices da balança comercial, depois de sete anos consecutivos de trocas comerciais positivas com o estrangeiro.