Estado vai injetar até 450 milhões no Novo Banco

Prejuízos de 1.400 milhões de euros, justificados com provisões feitas para fazer face a perdas potenciais, sobretudo no estrangeiro. E o Estado terá que injetar até 450 milhões via Fundo de Resolução