Falta de turistas responsável pelo encerramento temporário de centenas de empresas na Madeira

A crise económica que deriva da pandemia de Covid-19 começa a dar sinais crescentes nos vários sectores da sociedade, principalmente no turismo, que caiu a pique nos últimos meses.

Na madeira, há 44 mil trabalhadores em lay-off: números impensáveis no início deste ano, quando se projetava mais um recorde de receitas turisticas para o arquipélago.

A ausência de visitantes britânicos acabou com grande parte das esperanças para este verão.

Sobre "Jornal das 8"