Fisco aperta fiscalização a alojamento local e transferências no futebol

O Fisco vai apertar a fiscalização a vários setores: desde o alojamento local ao mercado de transferências no futebol. O objetivo é combater a fraude e cobrar mais de 1300 milhões de euros em impostos. Faz parte do plano nacional de inspeção tributária para este ano.