Funcionários do Casino de Espinho estão em greve

Devido à greve dos trabalhadores do Casino de Espinho, a sala dos jogos tradicionais não abriu. Os funcionários queixam-se de que os salários estão congelados há praticamente 14 anos e que as condições de trabalho são deficientes.

Sobre "Jornal da Uma"