Fusão de dois bancos alemães pode ditar 30 mil despedimentos

Deutsche Bank e Commerzbank já iniciaram negociações