Igualdade salarial é lei, mas ainda não é uma realidade

Assinala-se esta sexta-feira o Dia Nacional da Desigualdade Salarial e, a partir de hoje, as mulheres portuguesas passam a trabalhar de graça, tendo em conta a diferença de salários para os homens.

Sobre "Jornal da Uma"