Ministro das Finanças critica Sérgio Monteiro

Centeno não gostou das declarações do coordenador da venda do Novo Banco