Presidente do presidente do Sindicato Nacional dos Motoristas de Matérias Perigosas, Francisco São Bento, disse esta manhã que foi confrontado com a comunicação dos trabalhadores, após saberem da notificação dos colegas que já ontem não cumprirem estes serviços