Nacionalização da TAP: “Seria um desastre o país perder a TAP”

O Ministro das Infraestruturas e da Habitação lembrou que a “clausula secreta”, revelada pelo jornalista da TVI Pedro Santos Guerreiro, “não é secreta”.

Não há nenhuma clausula secreta”, reiterou.

Pedro Nuno Santos criticou ainda a falta de “transparência de um Governo, de 17 dias, que aprovou uma privatização”, referindo-se ao Executivo de Pedro Paços Coelho que acabou por cair e dar lugar ao Governo de António Costa.

O Ministro respondeu ao líder da Iniciativa Liberal, João Cotrim Figueiredo, e aos que apoiam a privatização da companhia aérea que acusa de terem “um fanatismo religioso e acham que nos podemos dar ao luxo de deixar cair a TAP”: “São uns irresponsáveis! Acham que no dia seguinte a TAP é substituída por outra companhia qualquer”.

Sobre "Notícias"