Não é a primeira vez que os motoristas deixam o país em alerta

A greve dos motoristas de materias perigosas volta a deixar o país em alerta. A primeira vez que os caminonistas deixaram o país na reserva foi em 2008, por causa do  aumento do preço dos combustíveis