Portugal tem um dos maiores agravamentos fiscais da OCDE

A carga fiscal em Portugal foi das que mais subiu nos últimos 53 anos, no conjunto da OCDE.

O peso dos impostos e das contribuições sociais na economia portuguesa subiu de quase 16% em 1965 para perto de 35% em 2018, segundo a organização para a cooperação e desenvolvimento.

A subida da despesa social e a contenção do défice orçamental explicam este aumento. Na análise feita pela OCDE só a Grécia e a Espanha tiveram agravementos superiores neste período de 53 anos.

Sobre "Jornal das 8"