Recuperar tempo de serviço das carreiras especiais não fura metas de Bruxelas

A conclusão é de um relatório da Unidade Técnica de Apoio Orçamental, a que a TVI teve acesso, que diz que a medida vai custar ao Estado mais 311 milhões de euros, já no ano que vem. O valor sobe para os 400 milhões, a partir de 2023.