"Rede de emergência permitirá responder às necessidades das funções prioritárias de Estado"

Eduardo Cabrita disse, após reunião de emergência com a Proteção Civil, que a rede de emergência com 52 postos exclusivo e mais de 300 postos de abastecimento não exclusivo. O Governo pediu ainda que os portugueses tenham "uma gestão criteriosa" das viagens que fazem, que devem ser apenas as "absolutamente necessárias".