Há aspetos jurídicos e financeiros que não devem ser entregues à funerária, mesmo que esta esteja de boa fé e só queira ajuda