Santuário de Fátima prepara-se para despedimentos depois de três anos de prejuízos

A pandemia da covid-19 está a lançar uma crise económica num dos maiores santuários do mundo católico.

O Santuário de Fátima prepara-se para dispensar uma centena de trabalhadores.

As dificuldades económicas começaram a acentuar-se a seguir à celebração do centenário e a atual pandemia é o culminar de três anos de resultados negativos nas constas da instituição.

Sobre "Jornal das 8"