Seja plano A ou B, Centeno promete não cortar salários e pensões

Nem aumentar os impostos diretos. Promessa foi feita durante a discussão do Orçamento do Estado para 2016. Ministro das Finanças prepara medidas em caso de necessidade, sim, mas não vai divulgá-las