Sindicato dos motoristas diz que ainda há tempo para um acordo

Ao sexto dia da greve dos motoristas de matérias perigosas, existe vontade das partes em conflito para negociar. A ANTRAM informou o governo que aceitava agora a mediação que há dois dias tinha recusado e os motoristas esperam a qualquer momento comecar essa negiciação.