Presidente do Sindicato de Motoristas de Matérias Perigosas, Francisco São Bento, diz que estão "duros como aço" assentes nos pressupostos que desencadearam a greve